2 de dez de 2012

Christmas Love - Prólogo e Part 1


O amor é sempre paciente e generoso. Nunca é invejoso. O amor nunca é prepotente nem orgulhoso. Não é rude nem egoísta. Não se ofende nem se recente do mal. Não se alegra do pecado alheio.  E tudo perdoa, tudo crê  tudo espera e tudo tolera. Assim, como o Natal. Uma história de amor, que aconteceu graças a bondade do dia de nascimento de Jesus, graças a ajuda das estrelas, graças ao destino. Um amor de natal.                                                                                                   "Fique comigo, por favor! Você é meu desejo de natal" "Esse foi o melhor dia da minha vida"

PART 1 
"Algo como um mistério. E cada passo que damos nós crescemos"
(Charice - Pyramid)

3122031293_1_5_lbdaaxzd_large

 Justin Narrando ...

Eu estou agora vendo TV, sem nada pra fazer e nem prestando atenção. Eu comecei a sentir um cheiro delicioso vindo da cozinha, ah cookies! Corri até lá e vi mamãe tirando uma fornada para a igreja e outra para nós.
- Dá um aê,to com fome. -Eu disse já pegando um.
- Calma querido, tá quente! E não coma tudo, ainda tem que sobrar para os seus irmãos.
- Ok, mãe. Nós vamos a igreja hoje?
- Sim Justin, nós precisamos de doações esqueceu? E esse cookies são paras as crianças da escolinha! Vamos, me ajude a guardar em um pote.
Começamos a guardar em grandes potes, depois que terminamos fomos colocar nossos casacos de neve e saímos com as sacolas cheias. Chegando lá eu fui direto dar um oi para o Christian,ele era novo lá e nós já somos irmãos.Falando nisso,ele disse que tem uma irmã e que ela virá na próxima semana. Está chegando o Natal e as doações são necessárias, muitas crianças estão abrigadas no galpão da igreja. Eu e o Chris começamos a fazer enfeites de natal para enfeitar a escolinha, fizemos meias, desenhos, viscos e montamos uma árvore de natal para elas, a mamãe nos ajudou a costurar e bordar as meias com os nomes de cada um. Depois de enfeitar todas as salas nós fomos tomar o café com cookies que a minha mãe fez.
- Nossa Srtª. Mallette,esses cookies estão deliciosos! -Disse o Chris tentando ser respeitoso.
- Já disse pra me chamar só de Pattie e obrigada. Se você quiser pode ir lá em casa amanhã.
- Não, obrigada. Eu tenho que ajudar minha mãe a arrumar o quarto da minha irmã. Deixa pra próxima.
- Chris, que dia sua irmã chega mesmo?
- Semana que vem, por que?
- Nada não.
Tomamos café e depois fomos para casa pois já eram 19:52. Quando chegamos, logo jantei e dormi em seguida.


1 Semana Depois...

Eu confesso, estou ansioso para conhecer a irmã do Chris e o mais engraçado é que eu nem sei o nome dela. Ele só me falou que é diferente e que tem origem brasileira. Agora estamos no carro do pai do Chris indo em direção ao aeroporto. Em poucos minutos nós estávamos lá e já entramos no aeroporto, o voo dela chegava ás 15:30 e já são 15:25. Minha fez um cartaz bem bonito com o nome dela escrito em roxo e prata. Eu não consegui ler o que estava escrito, o Chris disse que estava em português. Ela levantou o cartaz para cima mandando nós segurarmos juntos, vi uma garota muito linda vindo em nossa direção sorrindo e carregando 2 malas. Ela chegou perto, largou as malas no chão e abraçou o Chris.
- Chris! Que saudade!
- Ai (Seu nome) não exagera. Só faz 5 anos! - Não aguentei e comecei a rir.
- Bom, você não vai me apresentar a moça e seu amigo?
- Eu faço isso por ele. Prazer, eu sou Justin.
- O prazer é meu Justin.
- E eu sou Pattie, seja bem vinda!
- Obrigada! E então, vamos? Eu odeio ficar em aeroportos.
- Eu nunca havia vindo aqui sabia? - Eu disse maravilhado com seu sorriso. Fomos andando até a saída.
- Sério? Ah eu tinha vindo pra cá quando mais nova. Mas então eu decidi ver a minha avó no Brasil.
- Você veio do Brasil?
- Sim, nasci lá inclusive. -Descobri o por que dela ser tão linda e ... gostosa.
- Uau,eu não esperava por isso. - Tentei não parecer ... tarado, digamos assim.
- Você é bem legal. O chato do Chris nunca falou de você! - Ela falou dando um tapa na cabeça dele.
- ÔÔÔU isso doeu. - Chris gritou fazendo uma careta.
- E daí?
- Vocês são malucos. - Falei rindo da cara do Cris.
- Eu sei! - Ela falou rindo junto.
Ficamos conversando o caminho inteiro pra casa, quando chegamos nos despedimos e o Chris foi para a casa dele que é a um quarteirão da minha. Eu entrei e sentei no sofá para assistir TV.


CONTINUA...

E aê mesninas?O que acharam do 1º capítulo? Sou a nova "postadora temporária", porque acho que só vou postar Christmas Love aqui mesmo, é uma fic de Natal! Espero que gostem. Isa

4 comentários: