16 de mai de 2013

Desejos Secretos - Amizade. [21]


Justin Narrando...


Você: mas é claro que sim meu amor. -disse e assim pulou em meu colo, beijando-me.
Justin: me dê sua mão. -disse e peguei sua delicada mão. que agora tremia.
Você: ainda não estou acreditando. -disse e uma lagrima escorreu em sua face.
Justin: pra sempre? -perguntei olhando-a nos olhos.
Você: até depois do fim. -á beijei em seguida.

Beijei sua mão que já estava com a aliança e ela beijou a minha, infelizmente ela teve que ir, esperei que ela adentrasse o grande portão de sua casa e parti pra casa, tinha que preparar as aulas de amanhã, estava cansado nos divertimos muito hoje.Estava feliz alias a garota dos meus sonhos, é a minha namorada, logo cheguei ao meu apartamento, tomei um banho relaxante, sai com a toalha enrolada na cintura e uma secando o cabelo.
Me troquei já colocando uma roupa pra poder dormi, fui até a sala pegando meu celular e discando o numero de uma pizzaria, fiz meu pedido e enquanto não chegava fiquei vendo as materias que teria que passar.
Montei duas aulas, que seria as primeiras na sala da |seu nome| e logo ouvi a campainha tocar, ja sabia que era a pizza então peguei minha carteira, abri a porta e peguei a pizza com uma mão e com a outra entreguei o dinheiro dizendo que poderia ficar com o troco.


***

Fui dormir um pouco tarde, mas consegui fazer algumas aulas.

tumblr_mbi2gzFsf11qkdght.gif (500×256)
|Seu Nome| Narrando...

Quando cheguei em casa, subi direto para o meu quarto e tomei um banho.. não demorei muito e sai enrolada na toalha, peguei meu pijama e desci indo pra cozinha, preparei um miojo e comi, subi novamente para o meu quarto e deitei na cama, fiz uma oração rápida e beijei a aliança que estava em meu dedo. Virei pra um lado, virei pro outro e não conseguia dormi, peguei meus fones e meu celular e fiquei ouvindo musica.

***

Acordei com o despertador tocando, desliguei e o coloquei no criado mudo ao lado da minha cama,  me cobri novamente e tentei dormi, não consegui e assim me levantei indo ao banheiro tomar banho. Sai enrolada na toalha e fui ao closet pegar uma roupa para pode ir a escola, peguei outra bolsa também e arrumei meu material, passei uma maquiagem de leve e desci, estranhei encontrando meus pais tomando café dei bom dia e me sentei a mesa, preparando meu café.
Terminei e escovei os dentes, meus pais ja estavam saindo então pedi uma carona, eles me deixaram na porta da escola e se foram, entrei e ja fui pra sala. Estranhei vendo Sunny vindo em minha direção.

Sunny: |seu nome|? -me chamou e eu a olhei.
Você: sim? -não queria dar muita importância.
Sunny: me desculpa? -perguntou e eu a olhei incrédula.
Você: pera ai, Sunny me pedindo desculpas? vai chover. -disse tirando uma com a cara dela.
Sunny: eu sei que fui errada em deixar você de lado por causa daquele vadio. -disse e seus olhos lacrimejaram.
Você: hey, o que aconteceu? -perguntei me levantando e a abraçando.
Sunny: ele me enganou |seu nome|, me fez entrar em um mundo que nunca pensei que entraria. -disse soluçando por conta do choro.
Você: espera me explica melhor. -falei tentando acalma-la.
Sunny: eu bebi e me droguei amiga, e alem disso escondi drogas em casa. -estava impressionada.
Você: Sunny eu te avisei amiga, calma agora ja passou. -disse e sequei suas lagrimas.
Sunny: me desculpa. -disse e olhou pro meu dedo com o anel.
Você: amiga, nossa amizade é verdadeira. -disse a abraçando novamente.
Sunny: obrigada, mas o que eu perdi, estou vendo uma aliança ai. -disse sorrindo.


CONTINUA...

OOOOOOI garotas, nem demorei tanto.. tudo bem? o que acharam desse capitulo? Eu achei legalzinho,, comentem e me façam feliz *-* ,, obrigada aos comentarios, amei todos mas então vão me ajudar a chegar aos 60 seguidores?? Please Let's Go Shawtys.    Enfim é isso beijooooooooooooooooos;

XOXO,JÉSSICA.

11 de mai de 2013

Desejos Secretos - Minha namorada. [20]


Justin Narrando...

O caminho até o meu apartamento, foi em um silencio constrangedor. A unica coisa que se ouvia era a musica que se passava na radio, ela olhava o caminho pela janela como se não quisesse esquecer, eu batia a mão no volante no ritmo da musica que se passava, enfim chegamos ao predio que eu morava, estacionei e rodei o carro indo até a porta de |seu nome|, e antes que ela abrisse, fiz isso e peguei em sua mão, e com a outra bati a porta e ativei o alarme. Fui até o elevador e o chamei esperando assim com ela, entramos e apertei o meu andar, apertei sua cintura e ela olhou confusa. A beijei e logo o elevador saiu e eu a puxei suspirando, caminhei até a porta do meu apartamento, dei passagem pra que ela entrasse primeiro e depois entrei fechando a porta.
Nesse tempo não tinhamos trocado uma só palavra. Até claro eu quebrar.

Justin: Quer beber algo? -perguntei a ela.
Você: Não, obrigada. -disse e se virou pra mim.
Justin: Vem, vou te mostrar o apartamento. -a puxei pela mão e a guiei ao primeiro comodo, meu quarto.

Ela entrou e olhou ao redor, analisando o local.

Você: Bem arrumado por ser de um homem. -disse se virando e vindo em minha direção colocando seus braços em volta do meu pescoço, e em seguida me beijando.
A beijava com intensidade e alisava suas coxas, a guiei até a cama e a deitei lentamente sem interromper o beijo, parei de beijar seus lábios e desci pro seu pescoço, dando leves beijos seguidos  de chupões e mordidas, a olhei e a mesma me puxou para cima, iniciando um beijo mais quente ainda. Ela colocou sua mão por dentro de minha camisa e ficou alisando meu abdômen, enquanto eu descia seu pequeno casaco, ela me ajudou o retirando e em seguida comecei a abaixar a alça de seu vestido florido. Beijei seu ombro mas voltei a sua boca, que se encontrava avermelhada por conta da intensidade e desejos dos beijos.
Desci minha mão até sua calcinha e ela olhou assustado e se levantou, me deixando ali na cama sem saber o que fazer, pegou seu casaco e sua bolsa e saiu porta a fora.


|Seu Nome| Narrando...

Quando chegamos ao seu apartamento, ele foi me mostrar , começamos pelo seu quarto, e aconteceu o que eu nem imaginava, sai do quarto apressada e fui até a sala sentei no sofá e me recompus, esperei e logo o vi vindo em minha direção.

Justin: Amor? -ele me chamou.
Você: Sim anjo. -tentei parecer normal com a situação.
Justin: me desculpa? -pediu sentando-se ao meu lado e pegando em minha mão.
Você: porque anjo? -perguntei me fazendo de desentendida.
Justin: você sabe, pelo que eu fiz não queria te assustar. -disse e me puxou para o seu colo.
Você: tudo bem amor, só que está muito cedo ainda. -disse olhando-o.
Justin: eu sei vida. -disse e me abraçou.
Você: eu sou uma boba. -disse envergonhada.
Justin: vem, vou te mostrar o resto do apartamento. -disse e me puxou.

***

Ja marcava sete horas da noite estavamos dentro do carro na pracinha que ficava perto de casa, estavamos nos beijando até que ele para e fica me olhando.

Você: o que tanto me olha? -perguntei sem entender.
Justin: apenas admirando a beleza da minha namorada. -disse e meus olhos brilharam.
Você: namorada? -perguntei não acreditando.
Justin; você aceita ser minha namorada? -perguntou com receio.


CONTINUA...

Hello my girls *-*,, Jessie esta de volta :)) .. sentiram minha falta? eu senti a de vocês,, bom os comentarios cairam de novo, e não as culpo, mas espero que agora eles voltem como antes.Enfim, beijoooooooooooooooos;

XOXO,JÉSSICA.

3 de mai de 2013

Desejos Secretos - Casa do Justin? [19] + New Design


Justin Narrando...

Justin: Não tente negar minha linda. - Disse e a abracei.
Você: Me solta. - ela tentou se soltar, mas a beijei. Pedi passagem e ela logo cedeu e minha lingua invadiu sua boca.
Justin: Me desculpa. - disse ao fim do beijo.
Você: Seu louco, alguém pode nos pegar aqui. - disse e sorriu sapeca.
Justin: Antes de você ir, posso te fazer um convite? - perguntei a olhando nos olhos.
Você: Claro, diga. - ela cruzou os braços e me olhou interessada.
Justin: Depois da escola, você não quer ir na minha casa? - perguntei com receio.
Você: Bom ... eu ... - a interrompi, ja percebendo seu medo.
Justin: Vamos, não vou te fazer nada. - disse e a abracei.
Você: Tudo bem. -falou suspirando.
Justin: Te pego na pracinha da sua casa pode ser? - perguntei.
Você: Claro. - falou simplesmente.
Justin: Agora deixa eu ir, já estou atrasado pra minha próxima aula. -Disse e lhe dei um rápido selinho, saindo rapidamente.
Corri corredor a dentro, mas logo dando de cara com a Marie. O que essa mulher quer comigo? Tem tanto homem no mundo e ela escolhe logo eu. Cara, isso é macumba só pode, ou ela ta me vigiando, meu Deus viu. Nem parei e segui meu caminho até a minha sala. Entrei na sala e alguns alunos estavam sentados, assim que o sinal bateu todos entraram correndo e se sentaram na mesma hora.

Justin: Bom dia, alunos! Hoje iremos fazer um trabalho em grupo, escolham seus colegas, lembrando que são apenas 3 pessoas no grupo. - continuei explicando o trabalho, por mais que falasse, pensava em outra coisa. Continuei falando, falando, falando ... até que ouço os alunos gargalharem, prestei atenção e perguntei a Elena, uma das mais estudiosas o que havia acontecido.
Elena: Professor, você disse "colocar o cartaz na boca dela" e o Sean fez uma piadinha sobre a professora Marie. - rolei os olhos e gritei dizendo que o trabalho será para semana que vem, ao invés de ser 3 semanas depois. Assim que terminei de explicar, mandei eles começarem a rascunhar o trabalho e não ficarem de bobeira.

[...]


|Seu Nome| Narrando..

As outras aulas foram chatas, o tempo passava devagar e estava ansiosa pra ir finalmente na casa do Justin, confesso que estava com um pouco de medo, aliás nem conheço ele muito bem. Mas tudo bem, estava praticamente dormindo na ultima aula, meu corpo estava presente mas minha mente estava viajando em outro lugar, que tinha nome e sobrenome. Eu não sei o que acontece comigo quando estou com ele, é como se ele fosse o imã que me atrai. Estava sorrindo feito uma idiota, na sala. Faltava apenas alguns minutos pro sinal bater pra finalmente ir embora. Ouvia apenas o professor nojento falando sobre sei lá qual matéria e as vadias ao fundo falando sobre as fofocas da escola. Meus olhos pesaram e ops, dormi.

Mas em meus sonhos, não parava de imaginar como seria ir até a casa dele, talvez isso até seja uma forma de escapar dos encontros escondidos, ir a casa dele pode ser uma saída para conseguir conhecê-lo melhor. Mudanças ás vezes podem ser estranhas, mas acho que dessa vez vai ser ótima.

[...]

Já havia chego em casa e almoçado, tinha acabado de tomar banho e estava escolhendo uma roupa pra poder ir a casa do meu "namorado", acho que posso chamar ele assim, só acho. Estava ouvindo musica enquanto passava uma leve maquiagem para melhorar a cara de cansada, já que dormi na última aula.
Gostei da roupa que escolhi, achei ela perfeita para um "encontro" - novamente entre aspas - com Justin, coloquei meu sapato e passei um pouco de gloss na boca para dar um Up no visual. Me olher no espelho pela última vez e sorri com a imagem que via, me senti bonita afinal. (look)
Saí de casa e comecei a andar até o parquinho, apertando a alça da pequena bolsa, sentindo que a qualquer momento poderia rasgá-la. Ao chegar lá, vi de longe a pessoa que reconheceria até se estivesse cega. Sorri abertamente, cheguei perto e o abracei, em seguida dando um beijo intenso, cheio de paixão.

Continua...

Oi meninas, aqui é a Isa (do blog Sweet Stories), a Jessie me pediu pra terminar o capítulo pra vocês e avisar sobre o novo design, que foi eu que fiz, gostaram dele? Espero que sim! A Jessie também está se desculpando por ter demorado para postar, ela teve dificuldade nas provas da escola! Beijão, obrigada ^^