12 de jun de 2013

Desejos Secretos - Acidente. [23]



|Seu Nome| Narrando....


Você: quem é ela? -perguntei novamente sentindo que não aguentaria mais e desabaria ali mesmo.
Justin: não é... -ele tentou pronunciar mas a tal garota falou.
Liza: sou a namorada dele querida. -ouvindo a ultima palavra com dificuldade, meu mundo caiu, parecia que tudo tinha desaparecido e só havia nós ali, o chão parecia que tinha desmoronado e eu estivesse caindo em um buraco sem fim e sem volta.
Justin: não é nada disse meu anjo. -ele disse na tentativa falha de me explicar.
Liza: para de meu mentir meu amor. -ela enfatizou a palavra amor, o único som que se ouvia era dele e dela, discutindo.

Não conseguia ficar ali parada, sai correndo. Deixando que as lagrimas rolassem livremente, apertei o botão do elevador inúmeras vezes e nada daquela porcaria chegar, ouvi um som de passos e então o único jeito era ir pelas escadas.
Tentava descer rapidamente, tentando não cair ou até mesmo tropeçar em meus próprios pés. Estava nos últimos degraus, quando me embolei e cai rolando três degraus.
Me levantei atordoada, e com dificuldade passei pela porta de entrada e corri pela rua, me apressei para atravessar a rua quando vi Justin na porta gritando meu nome, corri atravessando a rua, mas algo entrou em choque com meu corpo me fazendo rolar pelo asfalto.
Tentei levantar mas fui impedida por ele que colocou minha cabeça em seu colo.

Justin: vai ficar tudo bem, minha pequena, eu prometo. -ela disse e antes de fechar os olhos, olhei os nos olhos e vi que os mesmo se encontravam marejados, após alguns segundos senti minhas palpebras pesarem e assim não vi mais nada.



Justin Narrando...

Não acredito nisso, como fui burro em cair naquela ladainha de Liza.
Agora me encontro no hospital, porque por minha culpa.
MINHA NAMORADA ESTÁ AQUI.
Estava na sala de espera, já se fazia mais ou menos uma hora que ela estava la dentro e nada de noticias.
Eu tinha que avisar seu pais, mas o que eu falaria?
Eu estava com medo do que poderia acontecer, fui até a recepção perguntar se demoraria mais ou não.

Justin: com licença moça, mas ela está la a mais de uma hora. -falei indignado e ao mesmo tempo preocupado.
Moça: desculpe senhor, o que o senhor é dela? -perguntou.
Justin: eu? bom eu sou... um amigo. -disse e ela me olhou estranho.
Moça: eu preciso falar com os pais da sua amiga. -disse e eu congelei.
Justin: os pais? -perguntei gaguejando.
Moça: sim os pais, preciso que passe o numero da casa dela. -falou confirmando.
Justin: bom eu vou ver aqui no celular dela. -disse e me virei.

Peguei o celular, indo direto a sua agenda de contatos, rolei e rolei pra baixo até que encontrei.

Justin: posso pedir uma coisa moça? -perguntei receoso.
Moça: claro. -ela disse simplesmente.
Justin: não diga que eu sou amigo, nem nada da senhorita Collins por favor. -pedi e ela pareceu entender.
Moça: tudo bem. -disse e sorriu.
Justin: obrigada, mas eu vou ficar aqui na sala de espera tudo bem? -perguntei e ela assentiu, pegando o telefone.

Ligação On*

Moça: Boa tarde, gostaria de falar com os responsáveis de |seu nome| Collins. -estava ainda no balcão. - bom ela sofreu um acidente. -disse e depois de longos dez minutos na linha desligou.

Justin: os pais dela estão vindo pra cá? -perguntei curioso.
Moça: sim. -disse e sorriu, sai dali.

CONTINUA....

Eae garotas, Jessie aqui. O que acharam desse capitulo? quero ver os comentários caprichados ein ;)) .. tentarei não enrolar para o próximo capitulo.. me contem as novidades,, aah já ia me esquecendo, FELIZ DIA DOS NAMORADOS. Enfim é isso, beijo beijo;

XOXO,JESSIE. 

4 comentários: